Confira esta Página

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Gabriel O Pensador no SALIPA.

O SALIPA (Salão do Livro de Parnaíba), é um evento que tem reunido uma grande quantidade de pessoas durante esses últimos seis anos, para um bate papo literário, palestras, entre outras atividades.
De início, tivemos bate - papo literário com um convidado mais do que especial que foi nada mais nada menos que Gabriel O Pensador. O evento foi sediado no Porto das Barcas nos dias 11, 12, 13 e 14 de novembro.
Segundo as próprias pessoas que estavam no local do evento, por volta das 14:00 horas do dia 11, dia da abertura do mesmo, já havia preenchido quantidade de vagas referentes as poltronas do auditório, que segundo foi dito por quem trabalhava no credenciamento, seriam 300.
Por volta das 18:00 horas, tudo estaria bem se não fosse por alguns detalhes, a começar pela falta de energia e uma fila quilométrica. A solenidade de abertura daria início as 18:30, porém o retorno da energia deu - se por volta das 19:00.
Vou seguir falando de uma forma bem pessoal, bem ao meu jeito.
Infelizmente, quem não teve oportunidade de entrar, também não teve oportunidade de ver e ouvir através do telão, porque o que havia era um "telim", onde logo de início apresentou  um problema de imagem e o som estava terrível.



Meu amado Gabriel O Pensador (sou muito fã) achando que as pessoas estavam o vendo através do suposto telão. As pessoas que ali estavam e tentavam se contentar com o terrível e ruidoso áudio, foram aos poucos se retirando, levando consigo a frustração de não ter conseguido entrar e nem ter podido apreciar a lindíssima palestra de Gabriel, ao menos através do telão, como estava previsto.

Eu por minha vez, que sou muito abençoada por Deus, apesar de, de cara, saber que não entraria, fui muito bem encaminhada pelas mãos de Deus, passo a passo. A princípio, não escondi os sentimentos que me envolviam, que era a tristeza, frustração, um pouco de raiva, mas como disse, Deus estava no comando e agiu, pois Ele sabia que desde que soube que Gabriel viria, eu não pensava em outra coisa, eu não falava em outra coisa que não fosse a vontade encontrá -lo e falar com ele.
Gente!

Certa de que não entraria, estava planejando encontrar alguém, das pessoas que eu sabia que entrariam, para que  pelo menos entregasse o que eu havia preparado para Gabriel, para minha surpresa, quando vou eu pela parte de trás do Porto das Barcas, me deparo com o próprio Gabriel O Pensador (chegando), eu mesma entreguei meu presente (camiseta do Projeto de Leitura-para alegria das crianças),  ainda tive a oportunidade de conversar um pouco, bem pouquinho com ele, sem tumulto ou gritaria, ainda tirei algumas fotos com ele, (que não ficaram boas) e para completar, antes do final, consegui entrar para o auditório e ver mais da metade de sua palestra, que foi sensacional.

Para quem conseguiu adentrar o auditório, foi tudo perfeito!
A quem Deus promete, Ele não falha.
Você ainda não acha que tem a mão de Deus?

Bem, fora este triste episódio para as demais pessoas, aquelas que perderam as esperanças e foram embora sem ver e/ou assistir as belas palavras de Gabriel o Pensador (por volta de 900), nos demais dias, tudo saiu dentro dos conformes, ou quase tudo.
O mais importante é saber que os erros são úteis, muito úteis para futuro aprendizado.

Por Rejane Carvalho.

domingo, 4 de outubro de 2015

PROJETO DE LEITURA LENDO E CRESCENDO.

Um Sonho que continua vivo.
A cada dia que passa, este lindo sonho chamado Projeto de Leitura Lendo e Crescendo, vai ganhando forma, brilho, cor e vida.

Claro que esta evolução é lenta, muito lenta. As dificuldades são muitas e são enormes. Por exemplo, uma das maiores dificuldades é que não temos nenhuma parceria, por mais que eu divulgue nas redes sociais, por mais que eu explique como funciona, que é um Projeto voluntário e portanto sem fins lucrativos,  um Projeto Social que visa dar um maior incentivo com relação à leitura, principalmente à crianças da rede pública de ensino, infelizmente parece que não é muito visto ou talvez não seja visto com tanta importância. Será que é por que é algo relacionado à EDUCAÇÃO?


Diante das dificuldades, me sinto fraquejar algumas vezes, mas cada vez que nos encontramos e vejo o interesse das crianças pela leitura, ganho novo ânimo, observo que elas realmente entram e se envolvem nesse mundo mágico, isto me impulsiona a seguir em frente. 
  

Hoje, no que batizei "Momento Leitura", vejo crianças que eram imensamente tímidas, lendo para outras, coisa que eu achava quase impossível de acontecer. 
Dividimos o tempo em nosso Projeto por "Momentos", e além do Momento Leitura temos o Momento das atividades, momento delícia, que consiste num pequeno "lanche" e por fim, aquele de pura diversão. 
MOMENTO ATIVIDADES 

Aqui, tento envolvê -los e fazer com que busquem o artista que há em cada um. Confesso que eles são melhores do que eu no aspecto arte.


Eles adoram manusear papel, cola, tesoura, tinta, pincel entre outros materiais, o problema é que nem sempre temos os materiais necessários, ou nem sempre tem material o suficiente, são muitas crianças e às vezes não tenho como provê este material para todos. 

 

Algumas vezes utilizamos sucata, recicláveis. Como nem sempre temos material suficiente, por vezes gera insatisfação, quando algumas crianças fazem trabalhos com pintura a tinta e outras apenas com lápis de cor. E temos que remediar a situação com uma boa conversa. 


Nos trabalhos acima, foram utilizados cartolina, papelão (para improvisar), palitos de picolé, pregadores (nos aviões) cola, tinta guache, etc.

MOMENTO DELÍCIA 
Este, nem precisa explicar. 

PURA DIVERSÃO. 
Depois de um lanchinho,  que tal brincar um pouco?

 

 
Então é isto! 
Aqui mostrei um pouquinho mais sobre o nosso Projeto de Leitura. Espero que você tenha lido até o finalzinho e que tenha gostado. 
Deixe aqui sua opinião, dicas para melhorarmos nosso Projeto, enfim, fique a vontade. 
Grande abraço e até mais. 
Rejane Carvalho.  








Você pode ver também nossa página em https://m.facebook.com/lendoecrescendo

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Vai deixar saudades!

Rimos muitas vezes de seu jeito curioso, parecendo que queria saber tudo que se passava dentro de casa,parecia que entendia tudo, algumas vezes você até parecia rir junto conosco de suas próprias peraltices.


Lembro o dia em que você entrou em nossas vidas e em nossa casa,nos encheu de alegria, tão pequenininha cabia em minhas mãos, e tão linda. Neste dia,tudo atrasou ou ficou por fazer, porque você era o centro das atenções. Lembro que uma certa garotinha, por sinal até bem crescidinha, apesar de gostar sentiu ciúmes de você, minha pequena Babhy, foi até engraçado, rsrs...




Aos poucos você foi aprendendo e fazendo tantas coisas interessantes e engraçadas. Como aquelas brincadeiras de "senta, deita, rola".
Algumas vezes você fazia tudo pra chamar atenção e dizer que precisava de um carinho. Tão linda!




Eu disse que não iria chorar mais por ninguém, mas você Bahby, fez parte de nossa casa e de nossas vidas, muitas vezes me fez companhia e me trouxe muita felicidade, então... Como não ficar triste?
Descansa, você já deve ter cumprido sua missão.
Amo você meu bebê.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

O ser humano é racional e os animais irracionais? Está certo isto?

http://matome.naver.jp/odai/2133924441560825901/2133924868161208103

Uma arma: Crime, vítimas...
E o diabo comemora.
E neste  momento... O "ser", é humano?
Ser humano?
O que está acontecendo com a humanidade?
"Humanidade..."
Racionais, racionalidade...
Serão os animais realmente irracionais? Simplesmente bichos que não pensam e nem tem sentimentos?
Será?



http://soaqui.pt/category/animais/
Vi um vídeo de uma leoa que matou uma espécie de macaco e logo que viu o filhote pendurado à mãe, não ousou comer a mãe do pobre animal, não bastando, o levou para o alto de uma árvore e o protegeu, o lambia como à sua própria cria.
Vi um outro vídeo onde uma leão protege um filhote, se não me engano, é de guinu (um animal da savana da África), e o defende de outro leão que quer comê-lo.



http://oreinodosbichos.blogspot.com.br
Já vi um outro vídeo onde um vira-latas foi quase despedaçado por um "Pit-bul" para defender uma criança, vi vídeos e vídeos...
...E ainda dizem que os animais é que são irracionais?
Será mesmo?
Ah, o homem é racional?
E o que é então ser racional?
Mas, um ser racional não quer dizer que ele é um ser pensante? Sempre ouvi dizer isto, que o homem difere dos animais por ser um ser pensante e que os animais não pensam, agem por instinto.
E por que razão então o "ser humano" tira a vida de outro, sem que seu instinto selvagem o diga:
"É comida, vou mata-lo para saciar minha fome" ou ainda: "Tenho que me defender", afinal os animais matam outros tão somente para matar a fome, ou proteger-se, como dizem: "por instinto".
E o homem... Por que mata outro de sua própria espécie? Seu semelhante, por quê? Ou por que razão o ser humano, o ser pensante "pensa" em atentar contra sua própria vida?
Eu desisto.
Por que se parar para tentar descobrir o motivo pelo o qual um "ser humano" tira a vida de outro ou atenta contra sua própria vida, o cérebro estoura e ainda assim eu não descubro.
Há certos acontecimentos que embora não seja com pessoas de nosso convívio, nos causa grande tristeza, grande comoção.
Que o mundo possa um dia ver a beleza contida em tantas coisas ao nosso redor. E que Deus abra os olhos e o coração do homem para a PAZ e para o BEM uns com os outros.
Que o AMOR de Jesus Cristo reine no mundo.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

PROJETO LENDO E CRESCENDO NO SALIPA

PROJETO LENDO E CRESCENDO NO SALIPA (Salão de Livros de Parnaíba).

Neste sábado (15-11-14) as crianças e eu, claro, do PROJETO LENDO E CRESCENDO tivemos um dia maravilhoso. Nosso encontro desta vez foi no SALIPA (Salão de Livros de Parnaíba).

O SALIPA 5 estava com uma vasta programação que iniciaria dia 12 e se estenderia até dia 15-11-14.
Desde que soube que o SALIPA seria este mês de novembro, logo pensei: "Tenho que dar um jeito de levar as crianças para um lindo passeio cultural como este", foi quando fui acometida de algumas noites de insônia, pensando em como fazer para levá-las já que não tenho transporte e muito menos condições para bancar as passagens de todas elas. Como eu poderia leva-las em ônibus junto com as demais pessoas do bairro? É meio sem lógica, correr o risco de perder alguma criança pelo caminho? jamais! Já desisti em muitas coisas em minha vida, mas com relação a este projeto estou determinada a não desistir nunca! DETERMINADA!

Foi quando comecei divulgar este projeto nas redes sociais e tentar conseguir de alguma forma, um transporte para levar minhas crianças, tive algumas ofertas por um precinho que alguns donos de vans julgavam baratinho, mas não para meu bolso, para o bolso dos pais das crianças então...
Continuei na tentativa, na busca e finalmente, como Deus não abandona quem precisa Dele, uma pessoa muito abençoada e que tem me ajudado muito com o projeto (Norla Albuquerque), me deu a excelente notícia que tanto sonhava e precisava ouvir, de que havia conseguido alguém que poderia nos ajudar. Eis que apareceu o "tio Kleber"... Conclusão: "Viva! SALIPA, aí vamos nós!" Somos muito gratos por sua generosa contribuição para com o PROJETO LENDO E CRESCENDO, tio Kleber, muitíssimo obrigada!

 Ao chegar no local do SALIPA, tudo foi só festa, animação e muita diversão. Tivemos uma linda interpretação de um poema de Gabriel O Pensador, chamado " Um poema para Sandra e Pedro".

Um poema para Sandra e Pedro/Gabriel O Pensador.

Preto. Branco.
Branco. Preto.
Preto no branco;
Branco no preto.
Beijo. Abraço.


Abraço. Beijo.
Beijo e abraço;
Abraço e beijo;
Beijo e abraço e beijo.
E o verde da esperança?
E o azul da cor do céu?
Ou o azul da cor do mar?
Porque o céu pode mudar.
Fica azul quando ta sol;
Fica cinza quando chove;


Ou fica branco, bem branquinho parecendo de algodão; Também fica meio roxo ou laranja ou lilás; Quando o sol ta indo embora e ta querendo ficar mais;
Quando o sol ta indo embora e ta querendo ficar mais avermelhado parecendo um coração. É o sol que pediu pra pousar lá na varanda; Só pra poder iluminar o Pedro e a Sandra; É o sol que derrete a neve fria do rochedo; Só pra esquentar um pouco mais a Sandra e o Pedro. É preto... O peito do pé do Pedro é preto.
E é branca... A palma da mão da Sandra é branca.
A Sandra é branca! O Pedro é negro!
E o Pedro e a Sandra ficam sempre de chamego...
Preto. Branco.
Branco. Preto.
Preto no branco; Branco no preto.
Beijo. Abraço.
Abraço. Beijo.
Beijo e abraço;
Abraço e beijo;
Beijo e abraço e beijo.




As crianças puderam participar de tudo que lhes foi possível, como por exemplo, serviram de Cavalete Poético, onde houve uma bela apresentação de uma poesia de forma bem teatral.


Participaram também de uma deliciosa "SOPA CANTADA", onde cada criança segurava algum legume e/ou verdura para pôr na panela a medida que eram  solicitadas, chamada na canção. Todas elas adoraram. Foi tudo muito divertido.



E assim foi seguindo, legume por legume, verdura por verdura, e logo a "SOPA" ficou pronta e posso afirmar que ficou uma delícia.










Uma das crianças do projeto recitou um poema intitulado " Noite" de Sérgio Caparelli.






 


E assim, tivemos também a apresentação de mais um poema, desta vez de Telma Coslovsky, chamado: "A menina, os amigos e o segredo", que mais uma de nossas lindas crianças fez questão de ler. E leu muito bem e fez bonito. 











As crianças quase sem piscar, não tiravam os olhos do palco, ficaram encantadas com a apresentação da peça teatral "Chapeuzinho Vermelho".











Sentadinhas e bem comportadas, ouviram atentamente a mais uma historinha. Pareciam estar no mundo dos contos. Foi simplesmente um momento mágico.











Agora, quem imagina como elas receberam o Chaves e sua turma? Não precisa nem dizer, não é verdade? Foi um momento de grande alegria e cantoria.




Tivemos também uma peça, não menos importante e tampouco menos interessante, chamada " O Bode e a Onça" ou será " A Onça e o Bode"? 







MOMENTO LINDO e único no #SALIPA.
Expliquei para as crianças quem era aquela figura maravilhosa a quem todos queriam tirar fotos, uma das crianças menores, Nayara, de apenas 5 aninhos, me surpreendeu. Após a explicação, tão linda, meiga e sábia, tirou as orelhinhas de "Lobo Mal" e pediu um autógrafo do escritor Assis Brasil, até ele riu da atitude tão bonita e espontânea dela.

Bem... Tivemos muitas outras atividades, sem falar dos estandes de livros.
Tudo isso que falei, tirando os estandes de livros (que era para todas as idades), foram atividades infantis. 

Para os adultos, todos esses dias tinha uma programação maravilhosa com muitas palestras, com escritores da terra entre outros vindos de outros estados. O Escritor homenageado este ano, foi nada mais, nada menos que nosso querido escritor Parnaibano, Assis Brasil

Foi um prazer e uma grande honra estar ao lado dele, claro que após deixar as crianças em casa, voltei para aproveitar mais um pouquinho de SALIPA, pedir meu autógrafo e tietar esta pessoa linda chamada Assis Brasil. Vou guardar com todo amor meu livro (Os que bebem como cães) autografado por este grande escritor.
Aqui, preferi enfatizar as atividades das quais as crianças participaram.

Gostaria de agradecer a todos que ajudaram a tornar este dia de felicidade possível. 
Não poderia deixar de agradecer a todas as pessoas que fizeram uma doação, como a professora Renata Machado Aragão, a professora Ana Paula de Carvalho, a Psicopedagoga Norla Albuquerque, ao senhor do estande da CONAL(comércio Nacional de Livros), que também fez sua doação, ao amigo Flávio Jr. e sua irmã Ana Patrícia Coelho, pessoas maravilhosas que tive o prazer de conhecer e que vão morar sempre em meu coração. Enfim, obrigada a todos. Desculpa se eu tiver esquecido o nome de alguém, mas saibam que serei sempre grata por tão nobre atitude. 

Deixe aqui sua opinião, se gostou, o que mais gostou, ou até mesmo sua crítica, desde que seja uma crítica construtiva.

Um beijo no coração de todos.

Rejane Carvalho.

terça-feira, 4 de novembro de 2014

Que este ânimo perdure e novas ideias surjam dia após dia.

Que o ânimo perdure!
Mais um encontro com as crianças do PROJETO LENDO E CRESCENDO (Bairro João XXIII na cidade de Parnaíba-PI).
Mais uma vez, momentos agradáveis e de muita animação, tanto para as crianças quanto para mim.
Este segundo encontro ocorreu sábado dia 1ºde novembro de 2014, assim como no primeiro encontro, podíamos ver aquelas crianças que estavam ansiosas e chegaram bem antes do horário e outras que chegaram um pouco atrasadas explicando que havia dormido demais, mas vieram com o mesmo ânimo do primeiro dia, o que é muito bom, e ainda, outras que estavam vindo pela primeira vez para desfrutar de momentos de muita leitura e pura descontração.

Como no encontro anterior, a medida que as crianças iam chegando, poucos a pouco a sala ia tornando-se menor, mas posso afirmar que a alegria ia aumentando no ambiente e o mesmo aos poucos se enchendo de luz e uma emoção radiante.
Para iniciar bem o dia e termos uma manhã agradável, fizemos uma oração, rezamos o Pai Nosso pedindo inspiração em nossas leituras e para nossas vidas.

Seguimos nossas atividades e através de uma conversa bem informal, ao invés de começarmos logo nossas leituras, foi exibido um lindo filme motivacional, bem curto, de apenas sete minutos aproximadamente, referia-se a uma criança especial (surdo-mudo), foi um excelente momento para a partir do filme, podermos conversar sobre valores, a respeito das diferenças, habilidades, dificuldades e potencialidade de cada pessoa e principalmente respeito ao próximo.

Vendo, fica melhor ainda! 
Você poderá encontrá-lo através do seguinte link:  https://www.youtube.com/watch?v=eQ48lhWADLs e você verá o quanto é interessante. 

Após esse momento tão interessante, onde as crianças ficaram bem concentradas no filme e após discussão do tema, os livrinhos infantis foram postos no chão próximo de todos, para que eles pudessem manusear, olhar as gravuras, sentir a emoção de estar em meio a estes, foi então que  iniciamos a leitura das historinhas escolhidos por eles.
Eu havia feito o convite, meio que em cima da hora (que feio, rsrs), para a professora Ana Paula, a pessoa que doou uma boa quantidade de livros, e muito embora o convite não tenha sido feito com antecedência, ela que estava preparada para ir à praia, passou por aqui com seus filhos que também participaram das leituras e brincadeiras, só tenho a agradecer a presença da mesma e sua boa vontade em ajudar. 

Após o lanche, começa novamente a diversão pela escolha de novas historinhas, seguido por momentos de brincadeiras programadas e eis que chega a hora de todos voltarem para seus lares, todos com a mesma pergunta, se sábado teria novamente. 

Obrigada senhor por mais um lindo e divertido sábado, obrigada a cada um de vocês que tiveram o carinho e a paciência de ler este post até o final.

Grande abraço.

Rejane Carvalho.